quinta-feira, 30 de julho de 2015

Giannini Alença rmobilização doação de sangue

O mês de agosto será marcado por campanhas de mobilização em prol da doação de sangue em Mossoró. Nas redes sociais, diversos artistas têm convidado a população para participar de ato na praça Rodolfo Fernandes (Pax), sábado (1º), de manhã, quando vão realizar apresentações musicais e distribuir folhetos, além de doar sangue na unidade móvel do Hemocentro, à disposição até o meio-dia no local.

MOBILIZAÇÃO DOAÇÃO DE SANGUE MOSSORÓ - GIANINNI 2

“Esta campanha foi abraçada por vários artistas que têm nos ajudado na organização e divulgação. Vamos fazer mobilização com música e fornecer informações sobre quem pode doar, como é feita a doação e quantas pessoas podem ser beneficiadas, tudo para que as pessoas percam o medo de doar e contribuam”, explica o cantor organizador da mobilização, Giannini Alencar.

Além dos artistas, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção Mossoró, também realizará campanha de doação de sangue no próximo mês, durante a Semana do Advogado. A mobilização será realizada no dia 12 de agosto, das 8h às 16h, na sede do órgão e também contará com apoio da unidade móvel do Hemocentro.

MOBILIZAÇÃO DOAÇÃO DE SANGUE MOSSORÓ - GIANINNI

NECESSIDADE

De acordo com informações do Hemocentro, o mês de julho apresentou queda brusca no volume de doações de sangue em relação ao mês de junho. A assistente social Erciran Targino conta que, em média, tem sido coletadas 20 bolsas de sangue por dia no Hemocentro. No entanto, ela afirma que o ideal é que fossem doadas 40 bolsas diariamente, ou 277 mensais.

“No mês de julho, fatores como o fato de muitas pessoas saírem de férias fez com que as doações caíssem. Esperamos aumentar o volume de doações em agosto com as parcerias que temos firmado com diferentes órgãos e pessoas. A contribuição de todos é muito importante”, diz a assistente Social.


Quando os estoques do Hemocentro estão muito baixos, Erciran Targino conta que as equipes buscam sangue em outros bancos como os de Natal, Pau dos Ferros e Caicó, além de telefonarem para os doadores habituais. Outras estratégias são ainda a divulgação de campanhas de conscientização nas redes sociais e nos veículos de comunicação.

O Mossoroense 

0 comentários:

Postar um comentário